20.7.17

Contem-me tudo! #26

Esta semana não tenho andado muito por aqui porque consegui um trabalho temporário, a substituir uma pessoa que foi de férias. Nada relacionado com a minha área, mas faz-me sair de casa e aprender outras coisas, que é sempre bom.

No entanto venho pedir-vos uma ajuda: pessoas que levam comida para o trabalho mas que não têm como aquecê-la no local, o que costumam levar?

Contem-me tudo! Preciso mesmo de sugestões!

11.7.17

Então e séries? #21

E, para registo, aqui ficam as últimas séries que vi:


Como vos tinha dito no último post sobre o tema, vi a primeira - e única, segundo sei, porque acho que é só mesmo uma minissérie - temporada de Big Little Lies. Gostei bastante e só depois de ver é que me apercebi que é baseada num livro de Liane Moriarty, com o mesmo nome. Já tinha ouvido falar deste livro, acho que até o tenho na minha lista de "livros para ler" no Goodreads, mas como ainda não o li não vos sei dizer se a série está ou não fiel à história.


Vi também a segunda temporada de Narcos. Já tinha gostado bastante da primeira e a segunda não ficou nada atrás. Já vi entretanto que a terceira temporada já foi confirmada e portanto aguardo com alguma expectativa para perceber como seguirá a história a partir daqui.



Mais recentemente, vi a primeira temporada de This Is Us, uma série que me suscitava muita curiosidade e em relação à qual estava com as expectativas bem elevadas. E adorei! O primeiro episódio foi uma enorme surpresa para mim, uma vez que não fazia ideia sobre o que tratava nem tinha visto qualquer trailer, e ao longo da temporada ri-me, chorei, emocionei-me imensas vezes e identifiquei-me com tanta coisa, com tantos pormenores... Acho que o nome da série faz realmente jus também àquilo que vamos sentindo ao longo dos episódios... Já estou cheia de saudades das personagens e da série em geral e em pulgas para que estreie a próxima temporada (que sai em Setembro, ao que parece)! Entrou directamente para o meu top de séries favoritas de todos os tempos.

6.7.17

Da incerteza

Isto de estar à procura de trabalho tem, para mim, um lado particularmente chato: a incerteza. Vivemos na incerteza, sem saber exactamente o dia de amanhã. Estamos à procura mas não sabemos até quando: se até à próxima semana, ao próximo mês, ao fim do ano. 

Esta incerteza mostra-se em diferentes situações do nosso dia-a-dia e da nossa vida em geral, e a questão das férias não é excepção.

O namorado já tem os dias de férias definidos, estamos a aproximar-nos rapidamente das datas, e eu continuo sem nada marcado. Não porque não queira - quero muito, acho que nos faz sempre bem, por pouco tempo que seja, e sei que ele está mesmo a precisar! - mas porque estou naquele impasse "E se aparece alguma oportunidade até lá?". 

Por outro lado, também não quero que chegue a altura e, não tendo havido alterações significativas na minha vida, ter que marcar alguma coisa em cima da hora ou não conseguir arranjar vaga em nenhum sítio que nos agrade.

Já disse que não gosto da incerteza?

4.7.17

 
Os últimos três dias foram de sol e piscina, absolutamente maravilhosos e capazes de curar qualquer neura!